quinta-feira, 18 de janeiro de 2018



MAGNO MALTA FAZ VIDEO ATACANDO LULA E O PT .
Quem diria o falastrão e “politico correto” Magno Malta que tem o nome citado em diversos escândalos de corrupção do nada virou uma espécie de Madre Teresa de Calcutá, com o forte discurso de moralista e a favor do povo, Magno Malta postou um vídeo nas redes sociais atacando Lula e o PT, Malta tem ganhado apoio na internet e muitos admiradores, porém ao analisarmos o passado do senador Magno Malta, descobrimos que o moralismo mora na boca do Senador, mas não em suas práticas politicas. 


Em 2007 o Senador era acusado pela PF no escândalo das Sanguessugas, vamos relembrar o caso: O Escândalo dos Sanguessugas, também conhecido como máfia das ambulâncias, foi um escândalo de corrupção que estourou em 2006 devido à descoberta de uma quadrilha que tinha como objetivo desviar dinheiro público destinado à compra de ambulâncias.
O senador Magno Malta estava entre os denunciados, foi absolvido no processo por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética do Senado, Magno era acusado de receber uma Fiat Ducato para apresentar uma emenda direcionada às empresas de Luiz Antônio Trevisan Vedoin, apontado como chefe da máfia dos sanguessugas.
No ano de 2009 veio um novo escândalo, pasmem o homem que defende a todo custo o respeito com dinheiro público e que os governos do PT promoveram uma gastança desenfreada, simplesmente resolveu conhecer Dubai com dinheiro público, conforme foi publicado pelo site de notícias UOL no dia 29/04/2009. 


Segundo o que foi apurado pelo site junto ao Jornal correio brasiliense, Magno Malta apresentou um requerimento para viajar a Hyderabad, na Índia, onde participaria de um fórum sobre o combate à pornografia infantil entre os dias 3 e 6 de dezembro de 2008, Malta e seu servidor José Augusto Santana receberam diárias do dia 1º a 8 daquele mês e foram a Dubai nos dias restantes. No total, R$ 7,2 mil foram depositados na conta de cada um, o caso nunca foi esclarecido por completo.
Se você achou que tinha acabado; SUPRESA!!!18/06/2011 o site Uchoinfo trazia uma reportagem sobre como Malta recebeu doações supostamente legais na sua campanha, para trabalhar em favorde empreiteiras em licitações de uma obra para a ampliação e reforma da BR-101 em um trecho da região metropolitana do Rio de Janeiro, o mais interessante é que as empreiteiras receberam um valor de R$ 78 milhões em créditos suplementares que segundo o Senador Magno Malta é crime de responsabilidade Fiscal a julgar pelo seu voto de admissibilidade do impeachment, mas por que em 2011 ele não considerava crime? É simples descobrir a resposta ao ver quem foram seus maiores doadores de campanha, a resposta fica óbvia, os valores doados pelas empreiteiras ao senador somam R$ 800 mil do total arrecadado de R$ 2.811.759,23. Logo não havia por que o Senador achar que naquele momento créditos suplementares fosse crimes de responsabilidade fiscal, ainda mais se for para beneficiar seus maiores doadores, ainda dentro dos mesmos fatos a Revista Isto é, fez uma reportagem que apurou o caso, assim como a rede Record mostrou em seu jornal fala Brasil, o vídeo é facilmente encontrado no Youtube, publicado em 13 de maio de 2013 com o titulo MAGNO MALTA & A CORRUPÇAO JUNTOS LADO A LADO, o link do vídeo é encontrado logo abaixo da foto, Ricardo Ferraço que falava em investigar Malta, agora é seu aliado.
Em 14/08/2016 o Jornal Folha de São Paulo trouxe a tona um novo escândalo envolvendo o senador Magno Malta, dessa vez trocas de e-mails indicava que o mesmo teria recebido R$ 100.000,00 para beneficiar a empresa de móvel Itatiaia, ainda na mesma reportagem e-mails indicavam que o senador havia utilizado o avião da empresa, num trecho da reportagem sugere como o esquema foi feito: Na sequência dos e-mails, Costa manda o filho depositar para a Vix Consulting somente R$ 475 mil. "Os outros 100.000 são para compensar a retirada em dinheiro de R$ 100.000 do Malta. Não sei como foi contabilizado [a saída desse valor da empresa]", escreve o presidente da firma; a folha de São Paulo foi além e pediu a perícia dos e-mails como ela mesma descreve na reportagem:A pedido da reportagem, as origens das mensagens foram analisadas pelo perito em ciências forenses Reginaldo Tirotti. O especialista atestou a autenticidade delas, identificando a sequência de códigos gerados pelos remetentes das mensagens.Como era de se esperar o senado novamente voltou negar que recebeu qualquer valor indevido e que desconhecia tais fatos.

Apesar de vários escândalos, o mesmo sempre prega o moralismo e acusa petistas de surrupiarem o Brasil,se esquecendo de falar de um celebre aliado Eduardo Cunha, sim ele mesmo o ex-presidente da câmara e atual condenado por desvios de verbas,fomos em busca dessa ligação e não foi difícil encontra-la.
Em 01/02/2015 Malta publicava em sua conta pessoal do facebookum vídeo de defesa a Eduardo Cunha e pedia que a bancada evangélica defendesse a moralidade, moralidade essa que não parece existir nas condutas do senador.  
O vídeo também é facilmente encontrado no youtube onde o mesmo pede votos a Eduardo Cunha. Segue o link para quem quiser assisti-lo: https://youtu.be/aApBf4yApJo
Após ver que o barco tinha afundado e que não havia mais defesa para Cunha, Magno Malta fez o mesmo que os 450 deputados, jogaram Cunha ao ermo, então o senador soltou a celebre frase “Eduardo Cunha é caso de policia”
É difícil acreditar que um senador moralista e que se diz do lado do povo, esteja envolvidos em diversos escândalos como os apontados nessa reportagem, apoie abertamente um corrupto de anos como Eduardo Cunha e não soubesse de nada ou Magno Malta de fato estaria envolvido em tudo ou simplesmente é inocente; embora os discursos de Malta contra Lula, Dilma e o PT não caibam essa opção, não fazemos julgamento de culpa do senador e tiramos as mesmas conclusões que sempre tiramos, todos são inocentes até que se prove sua culpa ,mas baseado no que foi visto nessa reportagem a vida politica de Magno Malta é digna de uma música de Raul Seixas: Metamorfose Ambulante.

Texto: Henrique Sousa
Colaboração: Ana Fernandes
Fontes: O Globo, Folha de São Paulo, Uchoinfo, portal R7, O Estadão, Correio brasiliense, Facebook e Youtube e Wikipédia.